O Olho é uma espécie de globo,
é um pequeno planeta
com pinturas do lado de fora.
[...]
Mas por dentro há outras pinturas,
que não se vêem:
umas são imagens do mundo,
outras são inventadas.
(Cecília Meireles)


segunda-feira, 8 de julho de 2013



sempre é verão em algum lugar.

Lu às 03:12




segunda-feira, 18 de março de 2013

a merda é que vontade é uma coisa que dá e passa...

Lu às 16:48




sábado, 23 de fevereiro de 2013

hoje deu vontade de limpar as teias de aranha e, quem sabe, voltar a escrever aqui.

Lu às 22:11





lúcia canuto.
pros amigos lu, lucinha, às vezes luluzinha.

sinto.
me permito sentir sempre. tudo. com intensidade. todo dia.

não tenho a menor vergonha de pedir desculpas se estiver errada.

tenho altos e baixos, oscilações de humor, tristezas, alegrias, qualidades (algumas) e defeitos (um monte).

faço algumas escolhas certas, mas também já fiz uma porrada de erradas, e em boa parte das vezes não aprendi com elas.

não sou nenhum anjinho. essa vida de vestido comprido, auréola na cabeça e eternidade tocando harpa né pra mim não.

aliás, que eu me lembre, nunca assinei nenhum papel dizendo que valia alguma coisa.

sou chata, muito, muito chata.

detesto ser acordada com brusquidão.

detesto mais ainda sentir frio.

sou do fogo, do sol, do calor, de abraço, de beijo. simples assim.

minha coisa preferida no mundo é água. sempre foi.

minha segunda coisa preferida, quem me conhece sabe o que é.

sou capaz de viver sem café, mas gosto muito mais da vida com ele.

não sei se sou capaz de viver sem música e sem livros, nem tenho a menor vontade de descobrir.

não gosto muito de falar ao telefone, prefiro ver os olhos da pessoa com quem falo.

religião? pagã. por opção, escolha própria.

amigos? amores, presentes que fazem toda a diferença.

acredito.
se eu colocar na balança as vezes em que por acreditar tomei um tapão no meio da lata e as vezes em que ganhei um beijo, o prato dos beijos ainda é bem mais pesado. portanto sigo acreditando.

ah, e eu não quero ter razão.
eu quero é ser feliz.


Lu às 22:10




quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

8 e pouco da noite. fevereiro. verão. termômetro marcando 17°.
esse frio do cacete me deixa assim miudinha e com saudade.
com saudade de mim.

Lu às 20:10




sexta-feira, 2 de novembro de 2012


ok, a vida é movimento, a vida é feita de mudanças, blá, blá, blá e coisa e tal.
mas... sempre dou graças aos Deuses quando percebo que existem coisas que NÃO mudam! :)

Lu às 02:32




domingo, 22 de julho de 2012

Bottom line is, even if you see 'em comin', you're not ready for the big moments.
No one ask for their life to change, not really.
But it does.
So what are we? Helpless? Puppets?
No.
The big moments are gonna come, you can't help that.
It's what you do afterwards that counts.
That's when you find out who you are.

[Joss Whedon, in Buffy The Vampire Slayer]

Lu às 21:00




sexta-feira, 15 de junho de 2012

A coisa mais perigosa do mundo é discutir com ignorante. Nunca, nunca, nunca faça isso. Resista. Não faça. É uma armadilha terrível, eles querem arrastar você para as trevas com eles, não caia nessa, mermão.

muito descaradamente roubado lá da Fal

Lu às 18:28




terça-feira, 20 de março de 2012



"Este é o tempo de colheita, de agradecimento e de alegria, de despedida e tristeza. Agora, dia e noite são iguais, em equilíbrio perfeito, o que nos leva a pensar sobre o equilíbrio e o fluxo de nossas próprias vidas. O Rei Sol transformou-se no Senhor das Sombras, navegando para o oeste: seguimo-lo na escuridão. A vida entra em declínio; a estação da aridez, daqui à pouco já vai estar conosco. No entanto, agradecemos o que colhemos e juntamos. Encontramo-nos para girar a Roda e tecer o fio que nos sustentará através da escuridão."
[Starhawk - A Dança Cósmica das Feiticeiras]

Lu às 15:09





Nós já plantamos o milho e a cana
E celebramos o trigo e o pão
Mabon que chegou agora
É hora de colher os grãos

Lu às 12:30






Hoje, nós que rodamos a Roda pelo Sul, celebramos Mabon - o Equinócio de Outono.

Essa é uma data muito especial (e no que me diz respeito é muito especial mesmo, pois foi num Mabon que pra mim tudo começou de verdade). Novamente temos o equilíbrio. É o momento em que o dia e a noite têm a mesma duração. A partir de hoje as noites passarão a ser mais longas que os dias, e a natureza vai começar a se recolher pro inverno que se aproxima.

Essa é a época da segunda colheita. Essa não é uma época de fazer pedidos, é uma época de agradecermos. Agradecermos pelas sementes recebidas (que não são nada mais do que os frutos do que plantamos...). Época começarmos a pensar e avaliar tudo o que foi plantado e colhido no ano que passou. Época de comecarmos a nos preparar para o período escuro que está por vir. Época de nos conscientizarmos de que não haveria a luz se não houvesse também a escuridão, de que são necessárias as duas para se ter equilíbrio. E a Natureza é equilíbrio. Época de celebrarmos a Criança da Promessa.

Esse Sabbat vem nos mostrar que o Deus agora não é mais forte, poderoso, como era em Litha, que ele está envelhecendo...caminhando para o início de sua jornada rumo ao País do Verão, que acontecerá no próximo Samhain.

Mas... Ele também vem nos falar da Criança da Promessa. Vem nos lembrar que a Criança que está sendo gerada no ventre da Deusa é o próprio Deus, que conforme vai perdendo sua força à nossa vista, vai crescendo no ventre da Mãe, crescendo, para nascer em Yule. O Deus vai renascer pra nos mostrar que a Roda gira, gira, gira, gira e gira, independente da nossa vontade, das nossas alegrias e tristezas, confirmando assim o eterno ciclo de nascimento, crescimento, ápice, decaimento, morte, nascimento...

FELIZ MABON A TODOS!

Lu às 12:19




Todos nós viemos da Deusa
E a Ela voltaremos
Como a gota de chuva
Que corre pro oceano
Casco e chifre, casco e chifre
O que morre renascerá
Milho e grão, milho e grão
Os que caem germinarão
Todos nós viemos do Deus Sol
E a Ele voltaremos
como uma centelha
De fogo subindo ao céu
Casco e chifre, casco e chifre
O que morre renascerá
Milho e grão, milho e grão
os que caem germinarão

[Versão de We All Come From the Goddess, de Z. Budapeste]

Lu às 12:11




segunda-feira, 7 de novembro de 2011

[...] Mas o preço final da liberdade é a disposição de encarar a mais assustadora de todas as coisas - nós mesmos. A visão da luz das estrelas, "a outra maneira de saber", é a modalidade de percepção do inconsciente, e não a da mente consciente. As profundezas de nosso ser não são todas ensolaradas; para enxergarmos claramente é preciso que estejamos dispostos a dar um mergulho no abismo interior e escuro, e tomar conhecimento das criaturas que porventura lá encontraremos.
(Starhawk, in A Dança Cósmica das Feiticeiras)

Lu às 22:17




quinta-feira, 4 de agosto de 2011

"[...] E em que, me perguntei em seguida, eu acreditava? Eu não temia o mundo, mas tampouco o rejeitava. Nós havíamos aprendido um terceiro caminho, em Avalon. A minha instrução ali me ensinara a sentir o espírito em tudo e a reconhecer que, em geral, o mundo seguia o seu caminho com pouco interesse pela humanidade. O corvo que grasnou no alto do telhado não sabia que o homem que prestava atenção ouviria uma mensagem - era o homem cuja mente devia ser alterada a fim de encontrar um sentido no grasnido, não o pássaro. O espírito movia-se através de todas as coisas. Aprender a viver em harmonia com esse movimento era o Caminho do Sábio. [...]"
(Marion Zimmer Bradley, in A Sacerdotisa de Avalon)

Lu às 08:01




quarta-feira, 3 de agosto de 2011


Lu às 08:43




"... - Agora ela estava falando com uma paixão rara e intensa. - A cada minuto de cada dia e a cada momento de cada noite você precisa estar aberto aos Deuses e, se estiver, eles virão. Nem sempre quando você quer, claro, mas se você nunca pedir, eles nunca vão atender; mas quando eles atendem, Derfel, ah, quando atendem é tão maravilhoso e tão aterrorizante como ter asas que o erguem até a glória..."
(Bernard Cornwell, in O Rei do Inverno)

Lu às 06:52




[...] E a ti, que buscas me conhecer, eu digo: tua busca e teu anseio de nada te servirão sem o conhecimento do mistério de que se aquilo o que procuras não encontrares dentro de ti mesmo, jamais o encontrarás fora de ti. Pois, vê, sempre estive contigo - desde o começo - e sou aquilo o que se alcança além do desejo.
(Doreen Valiente)

Lu às 06:34




terça-feira, 2 de agosto de 2011


Lu às 14:48




O Deus prometido é o sol renascido
que trouxe vida e iluminação
É Imbolc que chegou agora
Com o fogo trazendo a purificação

Lu às 14:11





Lu às 14:09




domingo, 31 de outubro de 2010




Beltane

- Este é o tempo no qual o doce desejo se casa com o prazer selvagem. A Donzela da Primavera e o Senhor do Ano Crescente encontram-se nos campos verdejantes e se comprazem sob o sol tépido. O bastão da vida está entrelaçado na tela espiral e toda a natureza é renovada. Encontramo-nos no período do florescimento para dançarmos a dança da vida.
(Starhawk - A Dança Cósmica das Feiticeiras)

Lu às 23:59




segunda-feira, 21 de junho de 2010

Nós já celebramos os Antigos
Um novo ano de amor e união
É Yule que chegou agora
A Criança da Promessa traz renovação

Lu às 13:31




Saol na saol, Tús go deireadh.
Tá muid beo, Go deo.

Lu às 13:30




quarta-feira, 9 de junho de 2010



lá do blog da Ci ^_^

Lu às 14:09




quinta-feira, 13 de maio de 2010

"... Sento-me no negrume da noite da Lua Nova
com meus cães na encruzilhada,
para onde convergem três caminhos,
o lugar da escolha.
Todos os caminhos levam à encruzilhada
e todos são desejáveis,
mas apenas um você pode percorrer
apenas você pode escolher.
A escolha cria finais.
E todo início vem de um final na encruzilhada.
Qual você escolherá?
Qual caminho percorrerá?
Qual?
Embora a escolha seja sua,
eis aqui um segredo que partilho com você:
O Caminho a escolher é adentrar o vazio
O Caminho a escolher é deixar morrer
O Caminho a escolher é voar livre..."



por que é chegada a hora de lembrar do que é de fato importante.
porque meu tempo de "recesso" parece que terminou.
porque uma vez matadora de dragões, sempre matadora de dragões.
porque o chamado é - de novo - forte, claro e inconfundível.


Lu às 04:24




terça-feira, 4 de maio de 2010


Lu às 21:00




segunda-feira, 21 de dezembro de 2009



Hoje, nós pagãos que rodamos a Roda pelo Sul, celebramos Litha - o Solstício de Verão. Este é o Sabbat da luz, da força, do calor e do brilho da vida.

Lu às 17:54




domingo, 6 de dezembro de 2009

a gift



ganhei de presente. e amei! :)

Lu às 18:45




quinta-feira, 5 de novembro de 2009

o sol brilha - esplendorosamente - lá fora.
vida.
simbora viver.
agora.

Lu às 17:59




Eu

Mail

Reduto da S.O.T.P.
Versos da Mariposa
Manual Prático Para Homens

As Poderosas Penélopes
Afrodite
Ah, bravo Fígaro!
Anomia
Arquimimo
Bagunça Bem Feita
Between us
Bia Badaud
Blogueira dos Enta
Blotted Paper
Caixa de Jade
Calma Porra Nenhuma
Circulando
Coisas Bobas
Copy & Paste
Correio Selado
Dizem
Drops da Fal
É por aqui que vai pra lá
E-Beth
Em Busca do Vento Perdido
Epinion
Gaveta de Criado-mudo
Gente
Gravatá
Ipsis Litteris
Je Suis Marie
Kibeloco
Lettiânia
Licor de Marula com Flocos de Milho Açucarados
Luluzinha Camp
Megeras Magérrimas
Meus Momentos
Modeletes
Nêga do Leite
Observador
Olhe o Céu
Pensamentos de uma Batata Transgênica
Perto do Coração Selvagem
Post Scriptum
Princess Balla
Satyricon
Saudades dos 80
Sentimentalidades
Sim, eu OdeioSopa®
Tá Pensando o Quê?
Tempo Imaginário
Teti Pons
The ClaraBeauty Journal
Torpor
Vida Cheia de Som e Fúria
Vitrolinha!!
Zel

* Mais Blogs *

AltaVista
AstroLógica
Baixaki
Clube da Mafalda
Depósito do Calvin
Flickr
Folha Online
Folha Online - Ilustrada
FunPic
Getty Images
Globo Online
Gmail
Google
Hallmark
Jornal de Poesia
Midis
Multiply
Orkut
Quiroga
RLSNEWS
Superdownloads

* Mais Sites *
















Pegue aqui o código do banner:





Link and Think

Quero apoiar as vacinas para a Aids
Aids: O que mata é o preconceito


Campanha da Mamografia Digital Gratuita



Doutores da Alegria



Banners:

This page is powered by Blogger. Isn't yours?



online

Design: Lu Canuto



adopt your own virtual pet!